A cenografia

Para a apresentação de sua Coleção Masculina Outono 2021, Kim Jones apresentou uma experiência visual//virtual envolvente, uma viagem cativante concebida como uma odisseia psicodélica na encruzilhada das artes. Seguindo os espetaculares desfiles masculinos da Maison em Tóquio e Miami, essa reinvenção do conceito de passarela é baseada na visão criativa e apaixonada do Diretor Artístico das coleções masculinas e nos muitos diálogos que ele teceu com criativos de diferentes estilos, sem limites.

Idealizada pelo diretor francês Thomas Vanz, que é fascinado pela astrofísica, uma cenografia em movimento reconstitui e explora as histórias, os fenômenos e as maravilhas do cosmos por meio de uma epopeia galáctica hipnótica. Em uma viagem aparentemente fora do tempo, ao ritmo de uma trilha sonora fascinante composta por Lady Miss Kier do grupo Deee-Lite, as silhuetas oníricas de Kim Jones percorreram uma Via Láctea mágica e celestial, explodindo com cores cintilantes, novos emblemas de alegria e otimismo no amanhã.

    Celebrando os fortes laços culturais que unem a Dior e a China desde 1948, a Maison utilizou em Pequim, pela primeira vez, uma inovação tecnológica que ilumina o Phoenix Center com telas monumentais que mostram as imagens poderosas desse desfile virtual. Compartilhamento 

    Compartilhando esse interlúdio encantador, os embaixadores da Dior na China, incluindo Huang Xuan, Arthur Chen e Karry Wang, acompanhados por Johnny Huang e Elvis Han, apareceram vestidos com looks da Coleção Outono 2021. Como surpresa final, os artistas Liu Yuxin, G.E.M, Zhang Yadong e o grupo Re-TROS realizaram uma apresentação excepcional.
    Uma ode ao poder atemporal da elegância.